6 coisas que vão te ajudar a viver bem na menopausa

Menopausa

A menopausa é uma fase da vida que normalmente vem acompanhada de muita insegurança e insatisfação por parte das mulheres, principalmente pelas mudanças características desse período. Você sabia que a menopausa é um marco entre o período reprodutivo e o período não reprodutivo da mulher? Na verdade, menopausa é o nome dado ao último ciclo menstrual (última menstruação) e ocorre geralmente em torno dos 48 aos 50 anos de idade. Esta fase é precedida por um período de irregularidade entre as menstruações, chamado de pré-menopausa. Mas, e os sintomas que sempre são relacionados à menopausa? Para muitas mulheres essa fase biológica pode ser muito expressiva, acompanhada de sintomas que geralmente alteram o seu dia a dia, entre eles:

  • fogacho, um calor súbito em forma de ondas, principalmente na região do rosto e pescoço;
  • dificuldades para dormir;
  • ressecamento da pele;
  • enfraquecimento dos ossos, o que aumenta o risco de osteoporose;
  • diminuição da lubrificação íntima, dificultando a atividade sexual;
  • acúmulo de gordura na cintura e na barriga;
  • aumento do risco de depressão.

Todos esses sintomas variam de intensidade, e, enquanto algumas mulheres relatam sentir pouca diferença em relação a outras fases da vida, outras apresentam um certo desânimo e sofrem bastante, principalmente com as ondas de calor. A boa notícia é que é possível controlar os efeitos da menopausa e garantir uma vida saudável e feliz. Confira nossas dicas a seguir!

Faça do médico seu aliado

Consultas médicas regulares e a realização periódica de exames (Papanicolau, Mamografia, Densitometria Óssea, Ultrassom Pélvico e Transvaginal, além de exames sanguíneos como glicemia, colesterol, e dosagem de hormônios) garantem que o médico possa auxiliar a paciente a manter os sintomas da menopausa sob controle, além de prevenir outras doenças e garantir a saúde geral da mulher. Nessas ocasiões, o médico também irá orientar a paciente sobre os tratamentos disponíveis, desde a famosa terapia de reposição hormonal, até outros métodos alternativos, como medicamentos fitoterápicos e ingestão de vitamina E.

Preste atenção à dupla formada por alimentação + atividade física

Importante durante toda a vida, a atenção a esses dois fatores se torna ainda mais necessária a partir da pré-menopausa. Uma dieta rica em gorduras saudáveis, frutas, verduras e carnes magras, combinada com exercícios físicos regulares, traz qualidade de vida e bem-estar diário, além de afastar a obesidade e o sedentarismo, diminuir o risco de doenças cardíacas, e atuar contra as ondas de calor.

Desfrute do sexo

Apesar de não ser um assunto muito falado, o sexo na menopausa pode ser extremamente prazeroso e gratificante. Nessa fase, a mulher já conhece melhor seu corpo, geralmente vive uma relação em que há um grau maior de intimidade e não tem mais a preocupação com a gravidez indesejada. A falta de lubrificação pode ser resolvida com lubrificantes específicos. Os cuidados com o corpo, além de dieta saudável e prática regular de atividade física, contribuem para melhorar a autoestima da mulher na menopausa, e, consequentemente, aumentar o desejo sexual de forma natural.

Durma bem

O sono é importante em todas as idades, mas a falta de sono tem efeitos sérios nessa fase em especial: pode contribuir para a diminuição da libido e está associado com casos de depressão. Certifique-se de dormir o suficiente, para usufruir dos benefícios reparadores do sono. Técnicas de relaxamento, meditação e a prática diária de exercícios físicos são fundamentais para prevenir as alterações de humor e promover o bem-estar e o sono.

Elimine hábitos nocivos

Deixar de fumar, não consumir álcool ou refrigerantes e diminuir o consumo de açúcar são atitudes que trazem mais saúde e oferecem benefícios indiretos relacionados aos efeitos indesejados da menopausa.

Previna a incontinência urinária

A menopausa pode trazer consigo a incontinência urinária, uma vez que as alterações na produção hormonal podem diminuir a capacidade de contração da musculatura do assoalho pélvico por causa da redução da tensão muscular nessa região. Essa condição pode ser bastante incômoda para algumas mulheres, entretanto, há maneiras de prevenir o aparecimento dos sintomas, através de dietas e exercícios para a tonificação dos músculos da pélvis.

Existem também produtos destinados a minimizar os efeitos dessa condição, como os absorventes específicos para incontinência urinária. Estes produtos oferecem conforto e segurança e previnem possíveis constrangimentos, ocasionados por qualquer escape de urina ocasional.

 

Quanto mais cedo se iniciarem esses cuidados, maiores serão os benefícios.  Apesar da possibilidade de ser acompanhada de sintomas, a menopausa é um processo natural e um período importante na vida da mulher. Se a pessoa souber contornar os obstáculos e enfrentar os desafios com bom humor, ela certamente passará por essa fase sem grandes problemas. Ficou com alguma dúvida? Deixe seu comentário!

Comentários